Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

… Até à lua

… Até à lua

desabafos que não posso ter contigo ...

Mais uma sessão de eletromedicina e início do tratamento indiano

21.jpg

 

Cá estamos nós para mais uma sessão de eletromedicina , esta é a terceira desde que começaste. Enquanto escrevo, olho pra ti tão tranquilo no candeirão a dormitar. Aproveita e relaxa, não penses , não fales usufui apenas desta tranquilidade momentânea que grita neste silêncio, é este o sentimento que tento passar-te com o meu olhar. Tens estado tão  sereno nestes dias e isso torna tudo tão mais ligeiro, mais leve ... A dor emocional essa não desaparece mas aproveitamos para respirar, sair da caixa que nos sufoca diariamente e é tão bom!

Na segunda - feira temos mais um dia de tratamento e vamos torcer para que esteja tudo bem com as tuas plaquetas. Não queremos mais delays no tratamento ... Cada dia é tão mais importante que o dia anterior. Já começaste também o tratamento Indiano: “Banerj’s Protocol"... Mandaram- me  anteontem o e-mail com todas as indicações. As tomas são praticamente de duas em duas horas ... São umas bolinhas brancas homeopáticas de umas 8 qualidades diferentes.O objetivo  é misturar diferentes princípios ativos para se conseguir um efeito neutralizador do tumor. Tens tomado certinho, aliás tenho gostado de ver como ganhaste essa responsabilidade e não tem sido necessário dizer nada. Esforças-te e isso percebe-se bem.

20.jpgTambém sei bem, que o que deve estar a custar mais são as restrições alimentares... Não é fácil abolir alguns prazeres alimentares … e a Coca-Cola então, deve ser o teu desafio supremo, deixar de beber praticamente 1,5lt e meio/dia para passar a nada, depois de tantos anos é complicado eu entendo isso, e por isso mesmo cedo e tento fechar os olhos 1 vez por semana. Há um dia na semana que os excessos podem ser cometidos… uma sobremesa, um alimento mais gorduroso, uma lata de coca-cola, o que quiseres, prometo que nesse dia não te repreendo, não te vou censurar . 

Tudo o que tenho lido, tem-me feito perceber o verdadeiro poder da alimentação … não é simplesmente um preocupação, um excesso de zelo … é tudo uma questão “física e química” do nosso corpo. Quanto mais alimentos acidificantes consumires, maiores serão os níveis de ácidos no teu corpo, ácidos esses que quanto mais aumentarem mais tornarão o ambiente celular impróprio e doente, menor será a capacidade dele combater o inimigo, além de ajudar fortemente na imunodepressão do corpo. Não temos tempo para erros! Não vamos facilitar mais por favor. Compreendes isso?

A carne também diminuiu vertiginosamente ... A estratégia é ter sempre sopa e fruta às refeições e assim sei que já consumiste a dose necessária de nutrientes. Fiz também alguns ajustes em substituir o óleo / azeite por óleo de linhaça devido à quantidade de ómega3 e 6, importantíssimos para o corpo. As massas brancas, o pão branco deixaram de existir lá em casa, passámos a consumir a mistura de cereais e os alimentos integrais. A água do mar continua nos hábitos alimentares, só ainda não consegui convencer-te a beber água, água normal… fazes a maior fita só por beber um copo de água, confesso que não entendo, não aceito essa resistência. Provavelmente, essa é a alteração mais importante que deve ser urgentemente feita. O corpo precisa de libertar toda a toxicidade dos medicamentos que envenenam o sistema celular. Não vou desistir mas começo a desesperar!Não te peço para fazer esse esforço sozinho, os meus hábitos mudaram juntamente com os teus e juntos somos mais fortes.
Engraçado ou não, porque graça não tem nenhuma mas comecei a olhar para esta doença de uma maneira diferente. ao longo dos últimos tempos, comecei a perceber que o cancro talvez não seja a DOENÇA mas sim o EFEITO da DOENÇA que já reside no corpo através de um ambiente altamente propício ao mal-estar. Daí o meu grande foco estar na alimentação e aconselhar a todas as pessoas com quem falo a investir na prevenção porque a remediação pode ou não funcionar. 
Um dia li um artigo que dizia, ter Cancro é uma questão de ter SORTE ou ter AZAR  (http://observador.pt/2015/01/02/cancro-um-jogo-de-sorte-e-azar/
… Na divisão celular existem erros de divisão ( é uma coisa que acontece com todos nós) e isso não conseguimos controlar é uma verdade, mas capacitar o corpo das maiores defesas possíveis para combater esse erros genético já é uma decisão nossa. E acredito nisto, li um pouco sobre a Dieta de Budwig ( médica fica alemã) e tudo ganha mais sentido. Vamos passar a olhar para a alimentação como mais uma frente, mais uma arma no meio desta selva de remotas e incertas possibilidades. 
 
 
Bem, parece que a sessão de eletromedicina está a chegar ao fim…vamos para a nossa casinha, meu amor descansar e tentar ser um bocadinho felizes :) 
 
Marlene Barreto Frazão