Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

… Até à lua

… Até à lua

desabafos que não posso ter contigo ...

não esqueças

FullSizeRender.jpga minha mente está confusa…
conta uma história irreal,
fica magoada com a tua ausência,
solitária, angustiada …
onde estás? porque não me procuras? porque nada dizes?
esqueceste-te de mim? não esqueças, peço-te!

eu não esqueço, nunca esquecerei.
escrevo-te na esperança de te reencontrar.
escrevo-te na esperança que me oiças.
escrevo-te na esperança que regresses para mim.

Sinto o peito vazio mas ainda assim, cheio
amo-te como da primeira vez,
Minto. Amo-te mais ainda.

a tua imagem invade a minha mente,
fecho os olhos  e relembro o teu sorriso,
abro a janela e o vento grita o teu nome
o teu perfume, esse ainda está impregnado na minha pele.

 

o tempo não passa quando se trata da tua falta.

onde estás? porque não me procuras? porque nada dizes?


                                                                        (para mim, hoje o dia não é de Páscoa é o de 3 meses de ausência).

1 comentário

Comentar post